sexta-feira, 25 de agosto de 2017

CAPINZAL DO NORTE: ALUNOS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO RECEBEM FARDAMENTOS DO GOVERNO.

Pela primeira vez na história do Maranhão, o Governo está entregando fardamento escolar para estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino. A iniciativa faz parte da política de valorização da educação de qualidade digna para os estudantes, e ainda fomenta a economia do estado, já que os cerca de R$ 6 milhões investidos para a aquisição dos uniformes contemplam empresas maranhenses.

Em Capinzal do Norte, Representando o governador   Ricardo Lucena acompanhado do Chefe de Gabinete Irlailton Assunção, do Secretário de Administração Felipe Portela e do Secretário de Educação Enderson Portela, realizou e entrega das fardas para os alunos da escola Valnice Bertoldo Lima Cordeiro.

O governador Flávio Dino destaca que a entrega de uniformes escolares para os alunos da rede pública estadual faz parte do processo contínuo de mudanças na educação maranhense, que se soma a outras inciativas como a reestruturação dos espaços físicos, valorização dos professores, entre outras ações.
“Pela primeira vez está havendo a distribuição de uniformes escolares para os alunos do ensino médio, com as cores da bandeira do Maranhão, personalizado de acordo com cada escola. Com esses produtos sendo adquiridos no mercado local, são centenas de empresas e de microempreendedores que terão oportunidade de trabalhar, com investimento de praticamente R$ 6 milhões”, destacou o governador.
O secretário de educação Enderson Portela realçou a importância da política educacional implementada pelo Governo do Estado. “O uniforme é indubitavelmente um aspecto positivo na vida de cada aluno, pois além de contribuir com a identificação dos discentes da rede estadual de ensino, desenvolve o sentimento de pertencimento a um grupo, a uma rede de ensino, a uma escola, enfim, de pertencimento a um estado” “Dignidade é um substantivo abstrato, entretanto, estamos hoje vivenciando a concretude dessa palavra, vivenciamos o exemplo de que é possível garantir as mesmas oportunidades sociais aos jovens estudantes de nossas escolas”, concluiu.














































Nenhum comentário:

Postar um comentário