segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

CAPINZAL DO NORTE - "É POSSÍVEL!" DIZ ESTUDANTES DE ESCOLA PÚBLICA QUE PASSARAM EM DIREITO!


Maria Clara Gomes de Andrade de 17 anos e Alaine Nascimento de (18) anos, viraram exemplo não só em Capinzal do Norte, mas em todo o estado do Maranhão. O motivo: Maria Clara por ter passado no curso de direito na Universidade Estadual do Piauí, (UESPI) e Alaine Nascimento por também ter passado no curso de direito na Universidade Federal do Piauí (UFPI) em cursos extremamente concorridos.
Moradoras do povoado de Santa Rosa em Capinzal do Norte as duas são de família humilde e estudaram sempre em escolas públicas, Alaine, filha de Edimar Carvalho e Antônia Sousa e Maria Clara filha de Genivan de Andrade e Eliete Batista.
 As duas estão felizes, e acreditamos que essa vitória das duas servirá de exemplo para muitos outros jovens em todo o estado. 
A felicidade em perceber que o seu esforço valeu a pena é imensurável. Receber o resultado do SISU e ver que eu havia passado no curso de Direito pela UFPI me deixou surpresa e, ao mesmo tempo, orgulhosa de mim mesma. A minha surpresa se deu pelo fato de que  muitas das vezes eu senti não ser possível. É um curso concorrido e, além disso, nos deparamos com dificuldades a todo tempo ao longo do caminho. É nítido que a educação pública no Brasil precisa de melhoras, mas, certa vez, eu ouvi de uma pessoa a seguinte frase "não existe escola ruim, nem professor ruim, mas sim, aluno ruim", eu sei que as desigualdades são tamanhas, porém com esforço a gente consegue. Só você é capaz de vencer os obstáculos que lhes são  impostos, portanto, tente, se esforce, e lute, se der errado, recomece, faz parte” disse Alaine.

Maria Clara nos disse o seguinte: "É muito gratificante ver que meus esforços valeram a pena e que é possível fazer a diferença em nossa vida com determinação e foco". Enfatizou Maria Clara.

As duas agradecem aos ensinos de professores e da educação adquirida na escola: Centro de Ensino Valnice Bertoldo Lima Cordeiro Anexo (CEVBLC).  

E se hoje elas chegaram até onde chegaram, é porque elas acreditaram que são capazes, e que é possível apesar das dificuldades, e segundo as duas a caminhada continua.

Alaine Nascimento finaliza dizendo:
"Por mais que pareça, o seu sonho, não está tão distante!".

 Fonte: http://www.blogmarcoslimma.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário