sexta-feira, 5 de abril de 2019

53 CASAIS DE CAPINZAL DO NORTE DIZEM “SIM” DURANTE CASAMENTO COMUNITÁRIO.


A noite de ontem quinta-feira (04/04) se transformou em uma data especial para 53 casais de Capinzal do Norte, que tiveram o sonho de oficializar o matrimônio realizado durante a  realização  do “Casamento Comunitário”. O evento foi realizado no Ginásio Poliesportivo Henrique e Fernando, e reuniu dezenas de amigos e familiares dos noivos.
Os casamentos comunitários são promovidos pela Corregedoria Geral de Justiça e celebrados gratuitamente pelos juízes de direito das comarcas desde setembro de 1998, quando foram criados pelo então corregedor, desembargador Jorge Rachid. A primeira cerimônia foi realizada em São Luís, em seguida, expandida para todas as comarcas do estado, beneficiando milhares de casais de todas as idades e condição social.
O casamento comunitário é um projeto da Corregedoria Geral de Justiça que visa regularizar a situação civil de casais perante a lei, antes de qualquer coisa é uma iniciativa de cidadania, pois concede a oportunidade as pessoas que não possuem condições de arcar com os custos do casamento ou que simplesmente não quiseram seguir essa formalidade até o momento, pois bem o momento chegou, e estamos todos aqui para testemunhar o amor e o desejo de união desses casais que a partir de agora decidiram ser casados. Com essas palavras a Juíza de Direitos Thalita de Castro Barreto abriu a cerimônia, que contou ainda com a presença de Cíntia de Sousa Facundo, Juíza de Direito da comarca de Eugênio Barros, Mariana Rodrigues de Carvalho Saraiva, Juíza de Direito da comarca de Dom Pedro, e Guilherme Soares Promotor de Justiça.
Nós estamos muito felizes em poder casar hoje. Estamos juntos há mais de 20 anos e só agora tivemos a oportunidade de nos unir oficialmente. Nós estamos muito gratos por essa oportunidade, estamos realizando nosso sonho”, disse um casal.



Nenhum comentário:

Postar um comentário